Amor? Alguém explica?

29.4.16

Fonte: Pinterest
    
    Talvez o amor não seja um sentimento para todos. As vezes pensamos que o conhecemos. Pensamos que sabemos amar, que sabemos o que é ser amado. Mas pensar não é o mesmo que de fato existir.
            O amor não se explica, não se define. Ele chega e te transforma. Mas o que o diferencia, é que ele não vai embora. Ele não diminui com o tempo. Pelo contrário, ele vai aumentando cada vez mais. Ele não cede espaço pra outros sentimentos. Ele sempre está lá. Cada vez ganhando mais espaço.
            O amor não tem hora pra partir, muito menos pra chegar. E se ele vai embora, é porque nunca foi amor. Se ele diminui, é porque não era ele mesmo. Você só achou que era. Você só estava preparando seu coração pra quando ele chegar de fato. E são essas preparações que nos machucam né?
            Você acha que a pessoa é o seu tudo. Que você a ama. Que apesar de tudo que possa acontecer ela vai estar contigo, te fazendo rir e enxugando suas lágrimas.
No começo é tudo lindo não é mesmo? Juras de amor, ‘’bom dias’’ apaixonados, surpresas em dias comuns, saídas de mãos dadas. Mas a mágica vai acabando... E aí você acorda e percebe que seu príncipe encantado não passava de um sapo. Que o amor que vocês tanto diziam sentir um pelo outro, não passava de uma mera paixonite passageira. Que sua coroa sumiu, sua maquiagem foi borrada e seu coração está despedaçado.
E com o passar do tempo, você percebe que seu grande amor é você mesma. Que não é preciso ninguém pra te fazer feliz. Você pode se fazer feliz. Que você não precisa de metade nenhuma, pois você é inteira. Mas antes de descobrir isso você vai quebrar seu coração inúmeras vezes E também vai perceber que apesar dos estragos, ele sempre vai dar uma nova chance a ‘’alguém’’.
Mesmo sabendo de todas as cicatrizes que seu coração tem, você sempre acreditará no amor. Sempre acreditará nas promessas e juras de amor. Talvez pelo simples fato disso poder nos tirar um sorriso bobo no rosto.
Uma hora a gente se diz ‘’cansada de amar’’. Que bobagem! Se tivéssemos de fato ‘’amado’’ alguém, se tivesse realmente conhecido o ‘’amor’’, não diríamos isso. Sabe porque? Porque o amor é o sentimento mais puro e verdadeiro que existe. E o que é verdadeiro não nos deixa, sempre continua com a gente. 

Slip Dress

27.4.16

Ooooooooooi galerinha!
Tudo belezoca? ♥
Hoje o assunto aqui no blog é MODA! *-* E vim falar sobre uma peça que vem fazendo sucesso há um tempinho, mas que só agora parece que finalmente conquistou o coração da mulherada e promete ser um dos hits de 2016! Slip Dress!! Bora conhecer mais sobre essa peça?

Entre o tempo e a alegria

20.4.16

Sabe quando tu está cheio de coisas pra fazer e não sabe o que eu fazer primeiro? Sabe quando sua mala está abarrotada de sonhos e parece que o zíper está emperrado... Não abre de jeito nenhum... ? Pois é. Acho que é bem assim que estou.
Nem que o dia tivesse 48horas acho que daria conta. Sabe porque? Porque quanto mais tempo temos, mais coisas queremos fazer. Quanto mais tempo mais vontade de querer controlar esse tempo. Fazer ele ir em câmera lenta nos momentos bons e rápido nos momentos ruins... Ah se fosse tão fácil assim né?
            É como sempre digo: rapadura é doce, mas não é mole! É a vida. A vida é doce sim. Ela é leve, alegre. Nós é que complicamos demais. Nós que dificultamos. Inventamos desculpas. Botamos a culpa no tempo. ‘’Não tive tempo’’, ‘’Foi em cima da hora’’. Sempre achamos algo pra botar a culpa. Pois nunca somos corajosos ou completos para nós mesmos nos responsabilizar pela culpa.
            Procuramos alguém para pôr a culpa de tudo que dá errado em nossa vida, assim como procuramos por alguém que nos faça feliz, como se a nossa felicidade dependesse dessa pessoa. 
Oi? Como assim? Ninguém pode ser responsabilizado pelos nossos erros. Nossos atos Nossa felicidade. Se nós mesmos não nos fizermos felizes como alguém poderá fazer? 
A felicidade depende de nós. De mais ninguém.

            Acredite em você e eleve sua estima! ♥ 

Meu Pet no DUP: Pumba!

13.4.16

     OOOOOi galerinha!!
      Tudo bem? ♥
2016 está com inúmeras mudanças!! O blog esá de cara nova, novos quadros e tags estão sendo criados, novos colaboradores estão por chegar, mais organização, com posts regularmente, e muito mais amor e alegria vão DOMINAR o bloguinho!! Aguardem! Isso não vai ser só mais uma meta! É uma promessa, uma dívida comigo mesmo, algo que vai ser SIM colocado em prática, assim como todas as mudanças que irei fazer nesse ano! 
E pra provar que já está tudo mudando, hoje está lançando uma nova tag aqui: #MeuPetNoDUP! Nessa tag trarei histórias reais de adoção, abandono, cuidados, campanhas, fofurices e tudo que engloba o mundo pet! Quer ver seu bichinho de estimação aqui? Use a hashtag #meupetnodup no insta! Todo mês teremos posts com as fotos dos pets de vocês! ♥ 
Mas bem, chega de falar né? Bora ir ao que interessa! Hoje tem uma história linda, enviada pela linda Luana de Matos, do blog Devaneios Adocicados. A Luana me contou a história do gatinho Pumba que... Vem saber mais no post de hoje!

Sempre mais. Sempre pra frente.

7.4.16

Eu não sei ser meio termo. É 8 ou 80. É quente ou frio. É esquerdo ou direito. Não sei ficar no meio termo, no meio do caminho. E não gosto que ninguém aja assim comigo. Não sei ser metade. E não aceito metades. Ou você se entrega por completo, ou não.
            Não sei amar pouco. Sou intensa. Mergulho de cabeça. Talvez seja um erro. E já quebrei a cara inúmeras vezes por isso. Mas sabe de uma coisa? Não tenho medo de quebrar a cara. De ralar o joelho, de criar mais uma cicatriz no coração. Pois é melhor eu saber que tentei, que fiz, do que ficar remoendo o porque de não ter feito tal coisa. Ficar pensando se teria dado certo ou não. Prefiro fazer, me atirar de paraquedas no inesperado, e até mesmo me arrepender depois, do que não ter feito e não sentir nada.

            Não sei me entregar pouco, gostar pouco, me apaixonar pouco... E não me contento com o pouco. Quero sempre mais e mais. Ao infinito e além!


*A partir de semana que vem, o blog terá post novo toda quarta-feira! Aguardem! ♥ 

Adaptado por Tanise Silveira. Blog DUP.. Tecnologia do Blogger.