Saudade

12.4.13

Saudade daquilo que eu tinha e não sabia que era meu. Saudade daqueles sorrisos e palavras sinceras, que muitas vezes me faziam perder a cabeça. Saudade daquelas brincadeiras que sempre me faziam rir. Saudade daquele abraço apertado, gostoso, que me fazia esquecer tudo. Saudade daquele olhar que me entendia, que me aconselhava, que me apoiava. Saudade daquela voz que me fazia rir e chorar, cantar e gritar, e também daquele silêncio, que me dizia mais que tudo. Quando alguém te disser que você só saberá dar valor à algo depois que perder, acredite. É a mais pura verdade.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar!
Críticas, sugestões e elogios são bem-vindos, pois ajudam a tornar o blog melhor para todos! ♥
Maiores informações entre em contato pelo e-mail contatoblogdup@gmail.com.
Muuuuitos beijos pra você e obrigada pela visita! ♥

Adaptado por Tanise Silveira. Blog DUP.. Tecnologia do Blogger.